quarta-feira, 2 de agosto de 2017

ORTHOS, UM PLANETA SEM NOMES.

Marcio Gil de Almeida
Pedagogo e Teólogo


Conta-se  que havia um planeta   chamado Orthos.  Era um planeta sem graça, perplexo, com dificuldade de comunicação, um mundo confuso, um mundo quase mudo e um mundo sem Nomes.

No planeta Orthos havia uma lei que não podia haver criatividade para não destruir  o que já existia. Era um planeta sem nomes ou seja sem Substantivos. Quando uma pessoa queria  se referir a algum objeto, ou a uma pessoa  ou a um  ser,  apenas usava-se o queixo ou  um dedo para tal e tudo isto  era um verdadeiro atraso de vida.  Durante séculos foi assim... Até que três palavras se reuniram para conversar sobre o assunto, as quais foram: Sensatez, Inteligência e Estratégia. Elas travaram um diálogo revolucionário.
- Precisamos de algo mais substancial, algo que promova consistência, disse a palavra Sensatez.
- Não apenas isso, mas, também, algo que seja um referencial, claro, que se conheça o seu funcionamento, que seja oportuno e executável. Acrescentou a palavra Estratégia
-Ainda mais, que seja algo compreensível, que nomeie todas as coisas e seres. Entendo que podemos chamá-los de Substantivos, ou seja, os Nomes. Concluiu a palavra Inteligência.
Estas palavras conseguiram convocar uma grande Assembleia Extraordinária dos habitantes do planeta Orthos. Os habitantes decidiram derrubar a lei anticriatividade e aprovaram várias mudanças inéditas. Decidiram que deveria reconhecer os nomes já existentes, que ainda estavam como clandestinas. Também, criaram novos nomes ou deixaram que os Nomes simplesmente surgissem espontaneamente conforme o seu contexto de época, local ou povo.
Na grande Assembleia a palavra Normas  alçou  a sua voz e disse:
-Senhoras, vejo que devemos usar de estratégia e nos organizarmos. Indico que reconheçamos a nossa Constituição Planetária, conhecida como Gramática, que já estão presentes os Artigos e incluamos os Substantivos. Reconheçamos que na nossa sociedade, os indivíduos são as letras, as famílias são as frases e as orações, as tribos são os textos  e as nações são os Livros. Nisto tudo não faltará Nomes incontáveis a nos maravilhar.
Ela foi aplaudida que entusiasmo contagiante e a fantástica palavra Estratégia acrescentou:
-Amigas, vamos formar classificações de Nomes diferentes. Sugiro que elas estejam paralelas e que todavia, seja diferentes ou até mesma opostas.
A Assembleia concordou e designou três palavras para organizarem o Sistema do Substantivo. Desta forma ficou assim:
-Vou colocar os primeiros Substantivos, muito antigos, como Primitivos e aquelas novas palavras, filhas das referidas, que surgiram ou surgirão como Derivadas. Esta foi a contribuição da palavra Sugestão.
- Baseado no que compreendi, notei que havia nomes que pareciam dependentes, pois só existiam na dependência dos outros, que eram os Abstratos. Era o caso da palavra “felicidade”. Os nomes Abstratos estão ligados aos Concretos, que existiam e existem por si só, como a palavra “João”.  Assim foi o dito da palavra Entendimento.
- Observei a presença de nomes que eram usados de forma genéricas, sem especificar  algo e que a estes, os chamei de  Comuns. Quantos aos Nomes que tinham os seus donos, os classifiquei de Próprios, como foram os casos de lugares, pessoas, empresas e até animais domésticos. Contribuiu a palavra Denominação.
As palavras Sugestão, Entendimento e Denominação introduziram os Substantivos Simples, Compostos e Coletivos na Gramática. Elas se negaram a revelar o que são estes e disseram que apenas aqueles que possuem o espírito de excelência conseguem consultar a incrível Gramática e receberiam o poder deste conhecimento.

O planeta Orthos mudou por completo e descobriram que os substantivos estão em todos os lugares.

Não há algo sem Nome, não há Nome sem algo, não há  mundo sem Substantivo e feliz é aquele que tem um NOME.


domingo, 23 de julho de 2017

Irmão de Natureza Duvidosa

Marcio Gil de Almeida
Conta-se que uma Piranha e um Tucunaré apaixonaram-se loucamente. Eles fizeram juras de amor, no entanto, não conseguiram ficar justos, pois possuíam naturezas diferentes e suas famílias não aceitavam. Mesmo assim, tiveram um filhote por nome de Pirunaré e sua mãe já tinha outros filhotes com os quais firmou amizade. O irmão do coração dele era o Afelês. Eles brincavam e passeavam muitas vezes buscando aventuras. Mas, em um belo dia, entusiasmados pela grande amizade fizeram uma aliança de um cuidar do outro.

Um dia, o Pirunaré disse ao seu irmão Afelês:

- Vamos sair para uma aventura mais longe do cardume?
-Sim, eu também tenho esta vontade de ter grandes aventuras. Afirmou Afelês.

Então, foram muito distante e ao chegarem às águas turvas, um jacaré os atacou e Pirunaré foi ferido.

-Vou cuidar de você meu irmão e você vai ficar curado. Disse o Afelês.

E assim o Pirunaré ficou curado e supostamente muito grato.

Eles eram peixes aventureiros e foram em busca de aventura. Desta vez quem se feriu foi o Afelês. Ele sangrava e o Pirunaré foi logo socorrendo.

-Irmão, calma, eu vou te ajudar... Afirmou Pirunaré.

Mas, quando Pirunaré viu e sentiu o cheiro do sangue, se transformou, perdeu o controle e perdeu o senso. Atacou o seu irmão Afelês e o devorou em segundos.

Moral da história - Nunca confie em quem tem natureza duvidosa. O ingênuo é presa fácil.

VOCABULÁRIO:
Afelês (αφελής) - Simples grão de trigo desfolhado. Simboliza o simples ou ingênuo.
Pirunaré – mistura de Piranha + Tucunaré



sábado, 8 de julho de 2017

Desesperança, STF e a necessidade da Intervenção militar

O STF brasileiro é uma vergonha. Tenho ele como agindo conforme os poderosos comunistas corruptos, pseudodemocráticos e anticristãos que os colocaram . Não há mais esperança para um processo democrático limpo.
Todos os poderes estão dominados pela corrupção, herança e sistema montado pelo PT.
Os processos contra os corruptos estão amarrados pelo STF ou consequente a ele.Processos contra Dilma e Lula estão paralisado na justiça.
Foi aceita e mantida aquela denúncia absurda contra Bolsonaro.
As instituições e funcionários públicos que não aceitam a corrupção são perseguidos
O ministros do STF Gilmar Mendes está indo contra o comprovante de votação a onde se poderia conferir os resultados das eleições presidenciais e outras. As urnas eletrônicas são um meio de defraudar as eleições e de enganar a nação para manter os corruptos no poder.
Não acontecerá nada com Temer.
Apesar de não ser isto a primeira opção, devido a tudo isto, não vejo outra solução do que uma intervenção militar. Se não houver a intervenção militar, brasileiros, estamos ferrados.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Afinal, Dória é de Direita ou de Esquerda?

Resultado de imagem para prefeito doria do psdb
Afinal de contas, se Dória é de Direita, por que ele pertence a um partido de ESQUERDA? É de desconfiar as verdadeiras intenções de Dória.Ele tem pontos positivos na sua administração, mas a agenda gay e outras questões da esquerda encontra apoio no seu governos. FHC, maior personalidade dentro do PSDB, é defensor do PT, de Lula, chegou a ser contra o impeachment de Dilma e está pedindo a união das bancadas do PSDB e do PT.

quarta-feira, 28 de junho de 2017